quarta-feira, 12 de agosto de 2020

YAHWEH-YASHAR — O SENHOR É RETO

 Sl 25.8

Sermão 360

YAHWEH-YASHAR — O SENHOR É RETO

INTRODUÇÃO

Esse texto sagrado declara que “bom e reto é o SENHOR”. A palavra “retidão” vem de uma raiz

hebraica que significa “direito” ou “que não tem curvatura”. A retidão pode ser definida como o viver

santo e correto, segundo os padrões de Deus. A retidão de Deus implica leis e exigências retas, podendo

nós chamá-la de “santidade legislativa”. Nesse atributo, vemos revelado o empenho de Deus pela

santidade, que sempre o impele a fazer e a exigir o que é reto e direito (Sl 145.17; Jr 12.1; Jó 17.25;

Sl 116.5). Todos os requisitos exigidos por Deus aos homens são absolutamente retos em seu caráter.

Sendo assim, a retidão do homem é definida em função da retidão de Deus. Os estudiosos das línguas

originais da Bíblia o chamam de Yahweh-Yashar, “O Senhor é reto”.

A RETIDÃO DE DEUS NAS ESCRITURAS

1. Deus sempre cobra a retidão dos seus filhos nas páginas das Escrituras Sagradas. Em Dt 6.18,

Moisés nos aconselha: “E farás o que é reto e bom aos olhos do SENHOR, para que bem te suceda…”

2. Em Dt 32.4, Moisés ainda escreveu: “Ele é a Rocha cuja obra é perfeita, porque todos os seus

caminhos juízo são; Deus é a verdade, e nele não há injustiça; justo e reto é”.

3. Em Jz 21.25, lemos que “naqueles dias, não havia rei em Israel, porém cada um fazia o que parecia

reto aos seus olhos”. Esse quadro de anarquia no período dos juízes, reforça a necessidade de

seguirmos um padrão divino de retidão, imposto pela lei de Deus.

4. Em 1Rs 15.5, vemos que “Davi tinha feito o que era reto aos olhos do Senhor e não se tinha

desviado de tudo o que lhe ordenara em todos os dias da sua vida, senão só no caso de Urias, o

heteu”. Apesar de ser reto em muitas de suas atitudes, Davi carregou consigo essa mancha negativa.

5. Em 1Rs 15.11, é dito que “Asa fez o que era reto aos olhos do SENHOR, como Davi, seu pai”. E, em

2Rs 14.3, o escritor sagrado afirma que Amazias “fez o que era reto aos olhos do SENHOR, ainda que

não como Davi, seu pai…” Era uma retidão relativa!

6. Em 2Rs 18.3, o escritor sagrado escreveu acerca de Ezequias, dizendo: “Fez ele o que era reto aos

olhos do SENHOR, segundo tudo o que fizera Davi, seu pai”. A retidão de Ezequias pesou muito na

decisão divina de prolongar os seus dias sobre a terra, quando ele orou, dizendo: “Ah! SENHOR! Sê

servido de te lembrar de que andei diante de ti em verdade e com o coração perfeito e fiz o que era

reto aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo” (2Rs 20.3).

7. Em 2Rs 22.2, vemos que Josias “fez o que era reto aos olhos do SENHOR; e andou em todo o

caminho de Davi, seu pai, e não se apartou dele nem para a direita nem para a esquerda”. Apesar de

suas falhas, Davi sempre é citado como padrão de retidão para os reis de Israel e de Judá.

8. Em Jó 1.1, a Palavra de Deus afirma que “havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e este

era sincero, reto e temente a Deus; e desviava-se do mal”.

9. Em Jó 8.5-7, é dito que “se tu, de madrugada, buscares a Deus e ao Todo-Poderoso pedires

misericórdia, se fores puro e reto, logo despertará por ti e restaurará a morada da tua justiça. O teu

princípio, na verdade, terá sido pequeno, mas o teu último estado crescerá em extremo”.

10. No Sl 101.6, Davi escreveu, dizendo: “Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que estejam

comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá”. E, em Pv 2.21, Salomão afirma que “os

retos habitarão a terra, e os sinceros permanecerão nela”.

11. Em Ec 7.29, o sábio Salomão ainda afirma que “Deus fez ao homem reto, mas ele buscou muitas

invenções”. E, em At 10.22, é dito que o centurião Cornélio era homem reto e temente a Deus e tinha

o bom testemunho de toda a nação judaica.

12. Em Hb 12.13, somos aconselhados: “fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que

manqueja não se desvie inteiramente; antes, seja sarado”.

CONCLUSÃO

O Senhor é Aquele que nos ensina o caminho da retidão! Infelizmente, alguns “deixando o caminho

direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça”

(2Pe 2.15). Entretanto, “bom e reto é o SENHOR; pelo que ensinará o caminho aos pecadores” (Sl 25.8). O

Senhor é reto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alunos Teologia 2020

Alunos Teologia 2020
Link permanente

História da Filosofia

História da Filosofia
Dicionário da História da Filosofia