A PERSEVERANÇA DOS SANTOS

A Parábola do Semeador

(Mateus 13:1-9, Marcos 4:3-9 e Lucas 8:4-8)
Os iluminados por Deus podem entender e compreender toda obra salvífica de Deus. Isaías, Jeremias e Paulo puderam ver a obra de Deus com mais clareza, por que eram salvos. Deus sempre trabalhará a favor de seus escolhidos, não permitindo que se desviem. A perseverança dos santos está ligada com a vontade soberana de Deus. Para muitos teólogos reformados a santificação também é obra de Deus. Mas enquanto não glorificados estamos sujeitos ao pecado, todavia a graça de Deus é atuante nos escolhidos, pois há algo na natureza dos salvos que responde ao convite do Espírito Santo para se manter fiel. "Pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus". Homens injustos que provaram da graça de Deus, mas não se converteram nunca foram realmente salvos. Se infiltram como lobos no meio das ovelhas para simplesmente comercializarem e arrancar suas gorduras. Homens amantes de si mesmos, nunca realmente salvos, mas joios no meio do trigo. Incapazes de amar, incapazes de demonstrar a verdadeira piedade. Amantes dos deleites e luxos desta vida. Amantes do dinheiro e desprezadores do Reino de Deus.No Reino de Deus não entram tais homens, "Apartai-vos de mim que nunca vos conheci! Praticai a iniquidade". O Reino de Deus está naqueles humildes e simples, que não amam o presente século, mas as suas mentes estão nos céus e no amor sem interesse ao seu próximo.

SIGA O NOSSO BLOG: https://www.alunosteologia.com/
CURTA A NOSSA PÁGINA: https://www.facebook.com/teologia.me

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

LIVROS DO WATCHMAN NEE

Alexandria: do paganismo ao cristianismo.